VÍDEO-CASE

Cuidado Baseado em Valor (Value-Based Health Care): o caminho da sustentabilidade do setor saúde no mundo

Fala do Ecossistema Internacional - Maureen Lewis, CEO da Aceso Global, organização que promove inovações em sistemas de saúde e hospitais em nível mundial, fala sobre os modelos incrementais de remuneração baseada em valor para a sustentabilidade do setor saúde.

Assista ao case gratuito preenchendo os dados abaixo:

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.

Entendendo o case

A Aceso Global é uma organização sem fins lucrativos especialista em reforma de sistemas de saúde em todo o mundo, com foco na entrega de valor. A Aceso dissemina globalmente tópicos relacionados ao financiamento e à prestação de serviços de saúde baseados em valor, principalmente para localidades em que o sistema é fragmentado.


Segundo sua cofundadora, Maureen Lewis, o modelo de custeio da saúde precisa se adequar, pois é nítido o efeito significativo nos gastos oriundos do envelhecimento da população, do aumento das doenças crônicas, da ineficiência e de problemas de qualidade. Olhando pelo retrovisor, nunca houve um movimento forte para mudar essa dinâmica de causa e efeito – e isso tem que mudar.


Tradicionalmente, os pagamentos são feitos por fee-for-service, assalariamento, capitation e orçamentação, o que gera aumento da quantidade de procedimentos, mas não se sabe a real entrega de valor.


O Value-Based Health Care (VBHC, ou cuidado baseado em valor) é uma alternativa, um jeito transformador de pensar e estruturar a prestação de serviços de saúde, que está vinculado a mudanças no sistema de financiamento.


O VBHC é uma nova estrutura de entrega da assistência, com serviços clínicos articulados, sistema integrado de tecnologia da informação e mensuração dos processos, custos e desfechos. E, ao final, é importante remunerar pelo resultado e não pelo volume, já que o formato de pagamento incentivará os prestadores para maior entrega de valor em saúde.


A partir dos incentivos financeiros, os serviços de saúde ficam mais integrados, com foco no desenvolvimento da atenção primária e atendimento ambulatorial. Há um aumento da aplicação sistemática de protocolos clínicos, redução de internações desnecessárias, diminuição do tempo de permanência hospitalar e menor uso de salas de emergência para problemas de rotina. Finalmente e não menos importante, o VBHC fomenta o envolvimento dos indivíduos na gestão da sua saúde e o uso da tecnologia para integrar e apoiar os pacientes e familiares. 

Quero assistir ao vídeo-case

Valor em Saúde Brasil © 2021. Todos os direitos reservados.

Política de privacidade